Buscar
PORTAL
DA SAÚDE
PORTAL
24 HORAS
Iptu Issqn Refis
Refis Refis
Agência de Notícias

19/05/2017 16:10
Alimentos cultivados pelos próprios alunos pode complementar a alimentação escolar



Comente!

Alimentação rica em produtos naturais cultivados no quintal das escolas municipais. Esta é a ideia do projeto Horta Saudável do Município de Foz do Iguaçu. A Secretaria Municipal de Agricultura está fazendo um levantamento das escolas que já iniciaram a construção de hortas em anos anteriores e daquelas que ainda não tem. Além disso, estão sendo captados recursos para a compra dos insumos e dos materiais necessários para manutenção do projeto.

A equipe de Educação Ambiental tem parceria na realização desse projeto, pois será responsável pelas aulas teóricas ministradas nas escolas entre diferentes turmas, para ensinar os alunos a preparar e manter a horta bem cultivada o ano inteiro.

O prefeito Chico Brasileiro já sinalizou a vontade de inserir a produção de alimentos dentro das escolas de Foz, tornando mais próxima a convivência dos alunos com o plantio dos produtos que serão aproveitados na merenda. Todas as escolas municipais e Cmeis continuarão a receber produtos do Banco de Alimentos, do PAA, Programa de Aquisição de Alimentos que já acontece com vários produtores rurais da cidade. Eles são cadastrados no sistema e vendem seus produtos frescos para o Banco que repassa à todas as escolas. Os alimentos cultivados nas hortas serão como um complemento daquilo que pode ser utilizado nas refeições diárias.

A expectativa é de que num prazo de um mês a construção das hortas seja iniciada. Até lá a Secretaria de Agricultura pretende concluir o levantamento dos espaços em cada uma das escolas onde possam ser aproveitados para plantio, com demarcação e preparo do solo. 

Em 2015, quando deputado estadual, Chico Brasileiro propôs na Assembleia Legislativa a criação da Semana da Alimentação Escolar Saudável, como forma de contribuir para a promoção da saúde e prevenção de doenças. Na mesma oportunidade, foi lançada a ideia do projeto de “Segurança Alimentar”, abrindo as discussões em torno da alimentação rica em alimentos mais saudáveis nas escolas, despertando o interesse das próprias crianças em substituir industrializados por produtos mais naturais. Brasileiro também questionou o surgimento de doenças manifestadas precocemente devido à má alimentação, como o diabetes e a obesidade, por exemplo. A Segurança Alimentar nas escolas deverá ser tema de novas discussões depois que o projeto da Horta Saudável passe a funcionar em Foz, podendo se tornar modelo para outros municípios.

Ainda em 2015, na Assembleia Legislativa, Chico Brasileiro se tornou membro fundador da Frente Parlamentar de Segurança Alimentar e Nutricional, abrindo discussões mais específicas em torno do tema. 

Mais fotos da horta escolar modelo estão aqui: https://goo.gl/DxtHcH
Comentário