Buscar
PORTAL
DA SAÚDE
PORTAL
24 HORAS
Iptu Issqn Refis
Agência de Notícias

02/02/2017 16:18
De acordo com o secretário de Turismo está em conversa uma parceria com a Policia Militar para evitar a presença de vândalos e usuários de drogas.



Comente!

Um novo edital de licitação para contratar a empresa que concluirá o Centro de Atendimento ao Turista de Foz do Iguaçu (CAT) será publicado dentro de 60 dias. A informação foi confirmada pelo secretário municipal de Turismo, Lourenço Kurten. O valor total investido na construção dos dois centros é de R$ 1 milhão, pago pelo Ministério do Turismo, R$ 200 mil pagos pelo Governo do Estado e R$ 150 mil do município.

A empresa responsável pelas obras dos dois centros decretou falência em junho de 2016 e a construção foi suspensa em dezembro de 2015. Um dos centros de atendimento está localizado anexo à Praça da Paz, na Avenida Juscelino Kubitschek e outro na Avenida das Cataratas.

De acordo com o secretário cerca de 70% da obra está concluída.  “Com o novo edital a obra poderá ser concluída, afinal, era uma construção para atender na época da Copa do Mundo, tivemos a Copa, as Olimpíadas e ainda não foi concluído”, lembra o secretario.

O secretário disse que está em contato com o comando da  Polícia Militar (PM) para solicitar a presença de uma equipe para ocupar uma área no centro de atendimento. “Se conseguirmos implantar essa parceria, a PM vai contribuir com a segurança do turista. Vamos aguardar a disponibilidade e a resposta”, confirmou o secretario.

Rondas

Enquanto o edital não é publicado, a Guarda Municipal vai realizar vistorias nos locais para evitar que os espaços sejam invadidos por vândalos, ou até mesmo sirvam de local para o consumo de drogas. A Secretaria de Meio Ambiente deve fazer a limpeza dos terrenos nos próximos dias.

Projeto

As duas unidades estão em fase de acabamento. O projeto de 150 m² (cada) contempla a área de atendimento ao turista, uma área de exposição de obras artísticas feita por artistas da região, quatro sanitários para portadores de necessidades especiais, copa, depósito de material para utilização dos servidores e espaço específico de estacionamento para turistas.

A gestão do CAT será feita pela secretaria municipal, com servidores e estagiários contratados do curso de turismo e hotelaria.


Comentário