Buscar
PORTAL
DA SAÚDE
PORTAL
24 HORAS
Iptu Issqn Refis
Refis Refis
Agência de Notícias

12/03/2018 16:43
Comunidade Escolar está convidada a participar dos debates para propor mudanças e avaliar os avanços na educação



Comente!

Profissionais da Educação, entidades sindicais, conselhos e a comunidade escolar estarão reunidos nesta sexta-feira (16) para debater e avaliar os avanços da educação no município. As Pré-conferências de Educação acontecem nas próprias instituições de ensino (51 escolas e 37 CMEIS) e por este motivo, os alunos não terão aula neste dia. 

Os encontros servirão de base para a Conferência Municipal de Educação, que acontece no dia 6 de abril na Unioeste. Os dois eventos são coordenados pelo Fórum Municipal Permanente de Educação (FMPE) com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (SMED). 

Durante as pré-conferências são levantadas propostas de políticas públicas para a educação que vão nortear o encontro oficial, no dia 6 de abril. Os membros também vão debater os avanços e propor mudanças dentro do Plano Municipal de Educação. 

Formação

Para capacitar os educadores para as pré-conferências, um curso de formação foi ministrado na Unioeste nos dias 1 e 2 de março. O encontro reuniu cerca de 300 representantes das escolas municipais e CMEIS e foi ministrado por professores doutores da Unioeste e Unila, que trabalharam temas como: Gestão Democrática, Plano de Carreira e Valorização do Professor, Financiamento da Educação, Direitos Humanos, Inclusão, Acesso e controle social da Educação.

Conferência 

Da Conferência Municipal de educação sairá a proposta do município acerca das políticas públicas educacionais, que serão levadas, por sua vez, pelos delegados escolhidos como representantes na Conferência Estadual, com data a ser definida. Estes delegados também participarão da Conferência Nacional de Educação de 2018 (Conae 2018), que tem como tema: “A Consolidação do Sistema Nacional de Educação (SNE) e o Plano Nacional de Educação (PNE): monitoramento, avaliação e proposição de políticas para a garantia do direito a educação de qualidade social, pública, gratuita e laica".

A Conferência Municipal de Educação também tem o apoio do Conselho Municipal de Educação (CME), Núcleo Regional de Educação, Sindicato dos Professores de Foz do Iguaçu (Sinprefi), Unila e Unioeste. 

Comentário