Buscar
PORTAL
DA SAÚDE
PORTAL
24 HORAS
Iptu Issqn Refis
Refis Refis
Agência de Notícias

12/07/2018 11:46
Em sua primeira edição, evento já chega como o maior festival de rock do Oeste do Paraná. Atrações vão até domingo (15), no Parque Charrua



Comente!

Dezoito bandas, exposições de carros antigos, encontro de motoclubes da região, feira de produtos temáticos e diversas opções de alimentação são as credenciais do evento que, logo em sua primeira edição, já chega como o maior festival de rock do Oeste do Paraná. Foz do Iguaçu recebe, de sexta-feira (13) a domingo (15), no Parque Charrua, o Megarock – A energia do rock iguaçuense. A entrada é franca.

Promovido pela Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu, por meio da Fundação Cultural e da Secretaria Municipal de Turismo, o Megarock conta com apoio da Itaipu Binacional, Iguassu Convention & Visitors Bureau (ICVB), Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Guarda Municipal de Foz do Iguaçu, Foztrans, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, além da parceria com a União dos Motociclistas de Foz do Iguaçu, Antigos Foz e Coletivo Underground. 

Cólera e Replicantes, duas bandas seminais do punk rock nacional; Korzus, um dos maiores nomes do thrash metal do Brasil; e Project 46, um dos mais proeminentes grupos de metalcore do País, encabeçam o lineup. A música autoral de 12 bandas da região – Mil Réis, Bronca, Morthal, Duo Versão Contrária, Reação Química, Mal Pagos, Mad Old Rockers, André Lacerda Acústico, Experience, Corleone, Arsênio e Tumulto – e a convidada Dominus Praelli, de Londrina, encerram a lista de atrações artísticas. 

O evento celebra o Dia Mundial do Rock (13 de julho), data que já faz parte do calendário oficial de eventos do município desde 2011. Esta será, porém, a primeira efeméride roqueira iguaçuense com artistas de expressão nacional e um grande número de bandas locais no palco. 

“Além da música, estamos preparando um evento mais abrangente, capaz de apresentar o rock como um estilo de vida que influencia na literatura, na moda, na gastronomia e no cotidiano das pessoas”, afirma o vice-prefeito de Foz do Iguaçu, Nilton Bobato. “Também é mais um evento que pretende ser um atrativo de turismo cultural e um cartão de visitas de nossa cidade.”

De acordo com a comissão organizadora, o nome – Megarock – sugere a fusão da unidade de medida megawatt com o rock e remete à história do gênero em Foz do Iguaçu. Nas últimas décadas, muitos grupos de rock foram formados na cidade por filhos dos barrageiros que construíram a usina de Itaipu. Também indica a proporção que o encontro pretende representar em comparação a outros festivais de rock que já aconteceram na região. A ideia é que o Megarock tenha periodicidade anual e gradativamente conquiste espaço no calendário nacional de eventos musicais.

Durante o evento, o ex-vocalista e líder da banda Cólera, Redson Pozzi, que morreu em 2011, será homenageado. “Ele foi uma figura importante para todo esse segmento cultural de nossa cidade, pois ajudou a gravar e a mixar o primeiro disco de rock de Foz do Iguaçu”, diz o músico e promotor cultural Márcio Duarte, baterista da banda Tumulto. “Além disso, Redson era uma pessoa única e suas músicas permanecem atuais e importantes para nós até os dias de hoje.”
 
Programação

Sexta-feira (13)
19h - Abertura dos portões
20h – Mil Réis
21h – Bronca
22h – Morthal 
23h – Korzus 

Sábado (14)
16h – Abertura dos portões
18h – Duo Versão Contrária
19h – Experience 
20h - Reação Química
21h – Mal Pagos
22h – Mad Old Rockers
23h – Replicantes
24h – Cólera

Domingo (15) 
16h – Abertura dos portões
17h35 – André Lacerda 
18h25 – Corleone 
19h15 – Arsênio 
20h05 – Dominus Praelli 
20h55 – Tumulto 
21h45 – Projet 46

Serviço

Megarock – A energia do rock iguaçuense
De 13 a 15 de julho  
Parque de Exposições Charrua (BR-277, 3703 - Vila A, Foz do Iguaçu) 
Atrações: shows de rock, exposições de carros antigos, encontro de motoclubes da região, feira de produtos temáticos e foodpark 
Entrada franca

Comentário